ARevista de Defesa da Concorrência (RDC) subiu no conceito de qualidade avaliado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Nesta última quinta-feira (29/12), o órgão vinculado ao Ministério da Educação divulgou o resultado preliminar do Qualis, sistema de classificação de periódicos para a avaliação de programas de pós-graduação, e a publicação científica do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade) recebeu a classificação A3. O resultado é o terceiro na escala de qualificação, atrás apenas do A2 e A1. 

O sistema Qualis é um método desenvolvido pela Capes para classificar a produção científica no que se refere aos artigos publicados em periódicos científicos. A avaliação é realizada pelos comitês de consultores específicos para cada área de conhecimento e os critérios são previamente definidos pelo Conselho Técnico Científico da Educação Superior. Os artigos da RDC estão dentro da avaliação quadrienal 2017-2020 e o periódico foi classificado como A3 nas duas áreas de conhecimento analisadas: direito e economia.

Em 2015, com apenas dois anos de publicação, a RDC recebeu qualis B2.  Na avaliação seguinte, progrediu para o qualis B1, tornando-se uma das principais referências acadêmicas no segmento de defesa da concorrência. Para o conselheiro do Cade e editor-chefe da RDC, Luis Braido, a nova classificação é fruto das atualizações nas políticas do periódico ao longo dos últimos anos. Para ele, essa qualificação reforça o protagonismo da revista e estimula o envio de mais pesquisas da área. “É algo muito positivo, capaz de aumentar os incentivos para a submissão de artigos à RDC, gerando um círculo virtuoso de melhoria na qualidade das publicações”, acredita.

Braido ainda lembrou uma das principais funções do periódico, que é difundir a defesa da concorrência na academia. “A Revista busca estabelecer interlocução com a academia nacional e internacional, evitando discutir casos em aberto ou debates internos e focando na análise empírica da experiência passada, nas inovações teóricas em economia e direito e nas principais discussões de longo prazo no antitruste”, declarou.

Revista de Defesa da Concorrência

A RDC é um periódico científico de acesso aberto, gratuito e eletrônico destinado à publicação de conteúdo acadêmico de pesquisadores, membros de organizações não governamentais e agentes públicos, nacionais ou estrangeiros, a partir de um processo editorial, transparente, ético e íntegro, cujo conteúdo trate sobre defesa da concorrência, ainda que a partir de uma perspectiva interdisciplinar com o Direito, Economia, Relações Internacionais e demais áreas correlatas.

O periódico é editado semestralmente pelo Cade e tem como objetivo contribuir para o fomento da produção de conhecimento sobre defesa da concorrência na literatura antitruste. A primeira edição da publicação com o formato atual foi lançada no primeiro semestre de 2013, e estava sendo delineada desde a promulgação da Lei nº 12.529/11.