FAKE NEWS: UM DESAFIO AO ANTITRUSTE?

Juliana Oliveira Domingues, Breno Fraga Miranda e Silva

Resumo


A presente pesquisa analisa o fenômeno das fake news do ponto de vista concorrencial. Neste sentido, por meio do método exploratório e de estudo de caso hipotético, analisamos particularidades do mercado de notícias e a aplicação dos instrumentos tradicionais do direito antitruste. Neste contexto, o fenômeno foi conceituado, para na sequencia ser realizada uma revisão dos argumentos que analisam os possíveis efeitos das fake news no ambiente concorrencial, assim como o potencial reflexo decorrente do poder econômico identificado. Assim, o presente estudo busca trazer uma contribuição para a discussão na perspectiva brasileira. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Defesa da Concorrência