Sham Litigation: requisitos para sua configuração

Conteúdo do artigo principal

Larissa Eiras

Resumo

Sham litigation representa o abuso do direito de petição com fins anticompetitivos. Apesar de não ser uma conduta tipificada expressamente na Lei 12.529/2011, será passível de punição caso provoque os efeitos (ou potenciais efeitos) previstos na lei antitruste. O presente trabalho visa, portanto, investigar os requisitos para a sua configuração tendo como referencial teórico a construção da Suprema Corte americana sobre o tema, bem como pretende traçar alguns parâmetros conceituais sobre o abuso do direito de petição. Por fim, serão analisados os fundamentos da lei antitruste, utilizando-os como principal fonte normativa para a caracterização da sham litigation.  Palavras-Chave: sham litigation; CADE; concorrência; abuso de direito de petição; antitruste.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Seção
Revista de Defesa da Concorrência
Biografia do Autor

Larissa Eiras, Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP)

Mestranda pela Universidade de São Paulo (FDRP/USP). Coordenadora jurídica e de relações institucionais da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP). Advogada.
Recebido 2019-02-10
Aceito 2019-11-07
Publicado 2019-11-27