Análise da concentração do mercado brasileiro de telefonia móvel

Autores

  • Gabriela Carvalho
  • Silvinha Vasconcelos

Resumo

Este trabalho analisa a concentração do mercado brasileiro de telefonia móvel devido à grande demanda entre os consumidores e o encerramento da barreira entre o serviço de voz e internet móvel em razão dos avanços tecnológicos, entre os anos de 2011 a 2019. Para isso foram utilizados os índices de concentração: Herfindahl Hirschman (HHI) e Razão de Concentração (CR), além do Índice de Instabilidade (I). Conclui-se que o serviço de voz é caracterizado como altamente concentrado entre 2011 e 2014 e nos anos de 2017 e 2019, mas apresentou concentração moderada nos demais anos analisados. Os serviços 3G e 4G aparecem altamente concentrados em quase todos os anos discutidos, exceto no ano de 2017 para o serviço 3G e, nos anos de 2018 e 2019 para o 4G, quando ambos apresentaram concentração moderada. Em relação a instabilidade, o mercado é caracterizado estável e apresenta resultados próximos da instabilidade mínima.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Carvalho

Graduada em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Silvinha Vasconcelos

Professora Titular do Departamento de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Publicado

2020-06-17

Edição

Seção

Revista de Defesa da Concorrência
Recebido 2019-11-23
Aceito 2020-06-03
Publicado 2020-06-17