Abuso de posição dominante segundo a jurisprudência do Cade

Conteúdo do artigo principal

Ciro Silva Martins
Laura Soares Miranda dos Santos

Resumo

O presente examinou a jurisprudência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) relativamente ao tema abuso de posição dominante. Após uma breve revisão de literatura sobre o assunto, realizou-se um estudo sobre os precedentes, nos quais verificou-se resolução de mérito, no período compreendido entre 2009 a 2019, envolvendo condutas unilaterais. Cerca de 20 precedentes foram analisados, todos com julgamento de mérito. A partir disso, foi possível descrever, em linhas gerais, porém sem esgotar o assunto, como o Cade interpreta o art. 36 da Lei nº 12.529/2011, bem como a utilização de conceitos centrais como poder de mercado e regra da razão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
MARTINS, C. S.; SOARES MIRANDA DOS SANTOS, L. Abuso de posição dominante segundo a jurisprudência do Cade. Revista de Defesa da Concorrência, Brasília, v. 8, n. 2, p. 164-176, 2020. Disponível em: https://revista.cade.gov.br/index.php/revistadedefesadaconcorrencia/article/view/498. Acesso em: 5 out. 2022.
Seção
Revista de Defesa da Concorrência
Biografia do Autor

Ciro Silva Martins, Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Mestrando em direito na linha Empresa e Atividades Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Laura Soares Miranda dos Santos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestranda em direito na linha Empresa e Atividades Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e especialista em Direito de Empresas pela PUC/Rio.