A demanda do aço brasileiro e a perda de bem-estar ocasionada pelo exercício do poder de mercado no período de 2006 a 2008

Conteúdo do artigo principal

Janderson Damaceno dos Reis
Márcia Azanha Ferraz Dias de Moraes
Mirian Rumenos Piedade Bacchi

Resumo

O objetivo principal deste trabalho é calcular o valor da perda de bem-estar do setor siderúrgico brasileiro, considerando os diferentes mercados relevantes, como o de aço bruto, laminados e vergalhões. Para alcançar este propósito foram estimadas as diferentes equações de demanda dos referidos mercados relevantes. O modelo teórico utilizado referente ao peso morto para mercados oligopolizados foi o de Daskin (1991). Os resultados deste trabalho mostram que o mercado siderúrgico brasileiro é muito concentrado e há o exercício do poder de mercado por parte das firmas participantes, ocasionando perda de bem-estar para sociedade brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
DOS REIS, J. D.; DE MORAES, M. A. F. D.; BACCHI, M. R. P. A demanda do aço brasileiro e a perda de bem-estar ocasionada pelo exercício do poder de mercado no período de 2006 a 2008. Revista de Defesa da Concorrência, Brasília, v. 1, n. 1, p. p. 170-196, 2013. Disponível em: https://revista.cade.gov.br/index.php/revistadedefesadaconcorrencia/article/view/50. Acesso em: 20 ago. 2022.
Seção
Revista de Defesa da Concorrência
Biografia do Autor

Janderson Damaceno dos Reis, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Economia Rural / UFV - Organização Industrial e Estudos Industriais

Márcia Azanha Ferraz Dias de Moraes

Departamento de Economia, Administração e Sociologia / ESALQ-USP, Organização Industrial e Estudos Industriais.

Mirian Rumenos Piedade Bacchi

Departamento de Economia, Administração e Sociologia / ESALQ-USP, Econometria.