Parâmetros de análise do cartel hub-and-spoke no Direito Brasileiro

Conteúdo do artigo principal

Júlia Namie M. P. Ishihara

Resumo

O objetivo deste artigo é delinear quais são os parâmetros adequados à análise do cartel hub-and-spoke no ordenamento brasileiro, conceituando a prática e determinando os requisitos para a sua configuração. Para tanto, é feita uma análise sobre a jurisprudência e doutrina estrangeira, em especial, a estadunidense, a britânica e a europeia. Ao final, é proposta uma definição de hub-and-spoke centrada na verificação da colusão horizontal através das relações comerciais, e não na forma de operacionalização específica do arranjo. Ainda, sustenta-se que o requisito adequado ao cenário brasileiro para a configuração da prática é a comprovação da colusão horizontal entre os “spokes”. Quanto ao parâmetro para a análise da ciência dos participantes em relação à colusão horizontal operacionalizada pelo arranjo hub-and-spoke, propõe-se o “conhecimento construtivo”. Por fim, aplica-se à conduta de todos participantes a regra de tratamento de ilicitude por objeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
M. P. ISHIHARA, J. N. Parâmetros de análise do cartel hub-and-spoke no Direito Brasileiro. Revista de Defesa da Concorrência, Brasília, v. 8, n. 2, p. 177-207, 2020. Disponível em: https://revista.cade.gov.br/index.php/revistadedefesadaconcorrencia/article/view/660. Acesso em: 5 out. 2022.
Seção
Revista de Defesa da Concorrência
Biografia do Autor

Júlia Namie M. P. Ishihara, Universidade de Brasília

Assistente Técnica na Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Graduada em Direito pela Universidade de Brasília. E-mail: julia.namie.maia@gmail.com.